Su-Surtos | Agora toda tulipa me irrita


Tá difícil animar pra se relacionar. Troco aplicativos por aperitivos. Se me chamam pra primeiro encontro, prefiro meu edredom e ponto. Quem sabe se um amigo me apresentasse… Será que isso ainda existe? Acho que sim porque tem gente que realmente insiste. Além disso, dizem que a chance do casal é maior quando se conhecem por um amigo em comum. Por mais que a preguiça me atiça, no fundo tenho medo de acabar sem nenhum.   

.

Oi, Susanie, eu sinto muito pelo seu tio. Me virei, mas não gelei. Quase não a vi atrás daquele borrão amarelo. A Pauli logo atrás dela só me olhou com um sorriso singelo. São para você. Tulipas. 

.

Não acredito. Eu recebo meu primeiro buquê de uma pessoa que existe não sei pra quê. Obrigada, Monize. Agradeci com aquela imagem em reprise. Por nada, o Hugo está com a sua mãe na sala reservada porque ela disse que prefere ficar por lá sentada.

.

Conheci o Hugo quando criança. No meu niver de 5 anos, ele estava ao meu lado na mesa do bolo junto de outras crianças. Olhava para mim enquanto assoprava a velinha em uma época ainda cheia de esperança. Ele com apenas 2 aninhos e desde então todos sempre se encantaram pelo Huguinho.

.

Ele e a Pauli moram no meu coração. Todo dia é como um presente essa amizade em que os três ganham sem competição.

.

A Monize apareceu faz três meses. Dizem que o namoro deles já passou do período de experiência. Eu a vejo como uma uma sonsa que se acha cheia de referência.

.

O Hugo não sabia me dizer qual a sua flor favorita, então escolhi a tulipa. O amarelo simboliza esperança e luz. Ela continuava e eu só conseguia pensar em comer um belo cuscuz. Muita gente acha que as tulipas são holandesas, mas na verdade elas são turcas, olha só que delicadeza! Cuscuz, cuscuz e cuscuz. Eu ainda descobri outra coisa intrigante: a tulipa teve seu nome originado na palavra turco-otamana tulbend, que significa turbante.

.

Legal, Monize. Esse é meu tio, Vlad. Apontei pro defunto. Tio, Vlad, essa é a Monize. Mesmo morto, quero ver se ele aguenta esse assunto. Vou procurar minha mãe. Saí dali porque esse papo de turbante me fez querer me dopar de calmante.

.

Dou um passo comprido pra sair logo dali e de repente ouço um grito que não reconheci.

.
(Episódio novo toda terça e quinta aqui no site e no Instagram @DoFundoDaCaneca)

Comentários